Aprenda a pensar como uma pessoa magra em 1 semana

Se acha magro 1de 8Se acha magro

Cuide de si mesmo e mude a forma como você pensa sobre as coisas com pensamento positivo.

Esses dois conceitos parecem tão simples, mas realizá-los pode ser desafiador. Então, eu vim com algumas dicas fáceis de seguir que ajudarão você a conseguir ambos, porque são cruciais para a perda de peso.



Experimente uma das dicas todos os dias desta semana e, antes que perceba, estará se tornando uma prioridade e mudando para o pensamento positivo quando se trata de perda de peso.



Segunda-feira: Reestruture seus pensamentos 2de 8Segunda-feira: Reestruture seus pensamentos

Algumas pessoas veem a perda de peso como um castigo, mas é uma das melhores coisas que você pode fazer por si mesmo. Reduzir seu peso aos níveis recomendados diminui o risco de desenvolver uma doença crônica e pode melhorar sua saúde se você já tiver uma. Embora a perda de peso não melhore todos os aspectos de sua vida, ela o ajudará a aproveitar com mais facilidade alguns dos momentos mais preciosos da vida, como brincar com seus filhos ou caminhar por áreas panorâmicas sem perder o fôlego.

A maneira como você pensa afeta como você se sente, o que afeta seus comportamentos. Portanto, em vez de se concentrar nos aspectos menos atraentes da perda de peso, como comer menos, espere seus benefícios, e seu pensamento positivo provavelmente o inspirará a fazer mudanças.



Mais da Prevenção: 5 mantras motivacionais para tornar o exercício mais fácil

Terça-feira: Coloque-se no topo da sua lista de prioridades 3de 8Terça-feira: Coloque-se no topo da sua lista de prioridades

Quantas vezes você já pensou que não tem tempo para cuidar de si mesmo porque está ocupado cuidando dos outros ou tem muito trabalho a fazer? Mas a verdade é que, se você não cuidar de si mesmo, pode não ser capaz de cuidar daqueles que são mais importantes para você.



Reserve um tempo para se cuidar mental e fisicamente. Uma maneira de garantir que você tenha tempo para si mesmo é tornar-se uma prioridade. Isso pode significar que você terá que dizer 'não' quando for solicitado a assumir uma nova tarefa ou pedir a um amigo ou parente que o ajude a fazer algo. Trate sua saúde como uma responsabilidade importante - cuide dela e você garantirá que está bem o suficiente para fazer tudo em sua vida. (Experimente estas 25 maneiras fáceis de fazer exercícios em 10 minutos para começar.)

Quarta-feira: faça uma lista das coisas que você gosta de fazer, mas raramente faz 4de 8Quarta-feira: faça uma lista das coisas que você gosta de fazer, mas raramente faz

Pense em uma lista de coisas que não estão relacionadas à comida e que são relativamente fáceis de fazer (por exemplo, mergulhar na banheira, ir ao cinema, ler um livro, ouvir música, sair do trabalho na hora, etc.). A ideia é desenvolver uma lista de alternativas não alimentares para nutrir, confortar e cuidar de si (também conhecido como autocuidado). Além disso, essas idéias podem ser usadas para confortar ou distrair-se ao enfrentar uma situação desagradável ou lidar com um desejo.

Mais da Prevenção: Como parar uma farra

Quinta-feira: Programe o autocuidado em sua vida 5de 8Quinta-feira: Programe o autocuidado em sua vida

Sempre que possível, (pelo menos uma vez por semana), olhe a lista de atividades divertidas que você gerou (dica de quarta-feira) e agende uma atividade de autocuidado. Sério, pegue um calendário e marque compromissos com você mesmo. Você pode até usar o autocuidado como recompensa por ter pensamentos positivos e mudanças saudáveis ​​no estilo de vida. Por exemplo, se você está adiando a aula de Zumba depois do trabalho e finalmente dá o difícil primeiro passo e vai, recompense-se tomando um banho longo e quente ou recebendo uma massagem profissional, em vez de se recompensar sentando na frente da TV com sorvete.

Sexta-feira: Lembre-se de aproveitar os alimentos que você come 6de 8Sexta-feira: Lembre-se de aproveitar os alimentos que você come

Mudanças duradouras na alimentação são baseadas em um padrão regular de alimentação que evita a privação e a culpa. Não existem alimentos 'proibidos' ou 'ruins'. Comer não é uma questão moral. Comer deve ser uma experiência prazerosa. Em vez de se privar dos alimentos de que gosta, permita-se comer e apreciar alguns alimentos menos saudáveis ​​de vez em quando. O 'truque' é planejar comê-los e incluí-los em sua quantidade diária ou semanal de calorias.

Quando você restringe severamente suas seleções de alimentos, você começa a se sentir privado, frustrado e irritado. Esses são os tipos de sentimentos que podem levar à ingestão excessiva e ao abandono dos esforços para perder peso.

Mais da Prevenção: A maneira mais prazerosa de perder peso

Sábado: Faça exercícios divertidos 7de 8Sábado: Faça exercícios divertidos

O exercício não deve ser uma tarefa árdua. Para tornar a experiência mais agradável, selecione uma atividade que você realmente goste. Crie um ambiente agradável (por exemplo, exercício em um parque, exercitando-se com sua música favorita, exercício enquanto assiste a um filme ou seu programa de TV favorito, etc.). Conte com o suporte. Agende uma consulta com um personal trainer ou faça exercícios com amigos. Você pode até querer criar uma competição amigável onde todos ganham. Adicione variedade à sua rotina de perda de peso, combinando as coisas com diferentes atividades durante a semana. (Experimente estas 7 maneiras de evitar o tédio do treino.)

Domingo: Pratique o diálogo interno construtivo 8de 8Domingo: Pratique o diálogo interno construtivo

Suponha que você planejasse comer uma fatia de pizza e nenhuma sobremesa em uma festa, mas acabou comendo duas fatias e um pedaço gigante de bolo; qual seria a primeira coisa que você diria a si mesmo? 'Eu estraguei tudo de novo. Eu nunca vou perder peso! Sou um grande fracasso 'ou' Comi mais do que esperava hoje, mas é apenas um dia '? Se o primeiro pensamento soa como você, dê um tempo.

É verdade que você nunca vai perder peso porque comeu um pouco mais do que pretendia em um dia? Claro que não. Como muitos pensamentos automáticos tendem a ser irracionais, é importante aprender a combatê-los com pensamentos positivos. É mais provável que pensamentos racionais levem a sentimentos que apóiem ​​comportamentos construtivos do que pensamentos irracionais que geralmente levam a sentimentos de frustração, desesperança e comportamentos que não dão suporte a metas saudáveis ​​de perda de peso.

Mais da Prevenção: 35 segredos para perder peso em um minuto

Próximo8 regras de dieta para se livrar depois dos 40