A Starbucks está finalmente oferecendo este adoçante natural sem calorias

adoçante de terra inteira Joshua Trujillo / Whole Earth Sweetener Co.

Temos algumas boas notícias para os bebedores da Starbucks que se preocupam com a saúde e gostam de doces. A rede de café acaba de adicionar um à base de estévia blend para sua linha de adoçantes, que já inclui açúcar, Sweet 'N Low (sacarina), Splenda (sucralose) e Equal (aspartame). Isso vem na esteira de outras ofertas recentes que atendem àqueles com restrições alimentares, como Leite de côco e leite de amêndoa - e não estamos reclamando. (Você pode lanchar E perder peso com esta caixa de Prevenção - guloseimas aprovadas de Concedido !)

A mistura que você encontrará na Starbucks vem em um pacote verde da Whole Earth Sweetener Co. e é na verdade uma mistura não-OGM de estévia (um extrato refinado e purificado da folha de estévia) e fruta de monge (um extrato refinado e purificado da fruta de monge). Por si só, a estévia pode ter um gosto ligeiramente amargo e desagradável, razão pela qual foi misturada com fruta do monge. A Starbucks diz que essa combinação conquistou testadores de sabor de terceiros. (Experimente um destes outros 5 adoçantes de estévia sem cal de melhor sabor , também.)



Como a maioria das mudanças recentes da Starbucks, apostamos que esta foi resultado do aumento da demanda do consumidor. Peça e você receberá! E não estamos surpresos - nos últimos anos, vários estudos mostraram que adoçantes artificiais como sacarina, aspartame e sucralose estão ligados a riscos à saúde, como ganho de peso e alterações nas bactérias intestinais em nossos intestinos que potencialmente nos preparam para glicose intolerância e diabetes tipo 2.



Atualmente, a estévia e a fruta do monge parecem bastante seguras - ambas são isentas de calorias e não aumentam o açúcar no sangue. No entanto, eles ainda são centenas de vezes mais doces do que o açúcar de mesa, então consumi-los em excesso pode iniciar um ciclo em que você precisa cada vez mais para se sentir satisfeito.

Tudo com moderação, certo?